A Viagem de Chihiro, de Hayao Miyazaki (2001) :: Crítica




Sen To Chihiro No Kamikakushi

Direção: Hayao Miyazaki

Roteiro: Hayao Miyazaki

Elenco: Rumi Hîragi / Miyu Irino / Mari Natsuki / Tatsuya Gashuin / Ryûnosuke Kamiki / Yumi Tamai

Sinopse:

Chihiro e seus pais, estão de mudança. Nos arredores do novo bairro, eles se deparam com um parque de diversões abandonado. Como num sonho ela começa a viver uma grande aventura num mundo encantado, habitado por fantásticas criaturas e passa a ser protegida por Haku, um menino com poderes mágicos.

Para salvar seus pais e voltar ao nosso mundo, Chihiro terá de ter muita humildade, coragem e determinação.

Opinião:

Animação japonesa que conta a história de uma menina que está se mudando para outra cidade. Na chegada, o pai se perde e acaba entrando em um lugar estranho, que parece um parque temático abandonado.

Enquanto Chihiro, com medo, explora o lugar, seus pais se deliciam com o banquete encontrado no parque. Quando tenta chamar seus pais para ir embora, a garota vê que estes se transformaram em porcos.

Começa assim a viagem surreal de Chihiro. Ela terá que acreditar em si mesma, fazer amizades, ajudar os amigos que conseguir encontrar, além de trabalhar duro, para conseguir salvar seus pais e sair do parque.

A animação é meio "pesada" para as crianças menores, que terão dificuldade de assimilar os diversos Deuses e criaturas, Mas todos podem se deliciar descobrindo este mundo fantástico e admirando os detalhes magníficos do desenho de Hayao Miyazaki.


Participe do Bolão do Globo de Ouro e concorra a um exemplar de O Hobbit




Grandes Filmes Autor: Grandes Filmes - @grandesfilmes

Criador e revisor do blog dos Grandes Filmes. Viciado em cinema e nerd incorrigível.
QR-Code

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do cinema e das séries?
ASSINE GRATUITAMENTE O NOSSO FEED RSS
Add no Google Reader

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO